terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Da fase Angolana da Mamã

Pintura a óleo, Setembro 2008

2 comentários:

Xinho disse...

Lindo.

Parabéns, Tia.

Bjs

R. disse...

Adorei este quadro... lembro África e a nossa querida terra. Verdade... hoje está muito diferente, mas como tudo na vida muda até a Europa encontramos os restos de uma vida mais simples, honesta, autentica, calma, prazenteira, de cores especiais que só quem viveu as recordará com saudade... mas que hoje estão no passado, mais ou menos longínquo. Abraço
Rogério